29 de agosto de 2016

Foi divulgado hoje (29/08/2016)preliminar, do concurso da PM/PA.
O listão pode ser encontrado no site da Fadesp. Segundo a Fadesp os candidatos eliminados poderão consultar a sua pontuação, de forma individual, no endereço www.portalfadesp.org.br. Os candidatos têm os dias 30 e 31/08/2016, 01 e 02/09/2016 e dia 05/09/2016 até às 17h, para interpor recurso online conforme subitem 10.6 do edital de abertura do concurso.

Abaixo você confere o listão (MASCULINO e FEMININO para o curso formação de praças), organizado pelo Blog do Ronilson:

LISTÃO MASCULINO


31 de março de 2016

Robô - montado com um kit da Modelix (com placa compatível com Arduino)
Em meados de 2014 eu tive a oportunidade de, pela primeira vez, trabalhar com a plataforma Arduino. Eu estava cursando a disciplina de “Eletricidade e Eletrônica Digital” no curso de Ciências da Computação e, eu e mais alguns colegas, recebemos a missão de programar um robô utilizando um Kit da Modelix (que usa uma placa compatível com o Arduino), que se locomovesse de um lugar para outro, desviando-se dos obstáculos.
Inicialmente foi um desafio, pois não conhecíamos a plataforma Arduino, mas aos poucos percebemos que é muito fácil encontrar tutoriais na Internet. No presente caso, tudo ficou um pouco mais fácil (por isto, pode ser interessante para iniciantes), pois usamos um Kit, então é muito fácil montar o chassi, bastando parafusar.
Na frente do robô utilizamos um sensor de luz (popularmente chamado de LDR), pois era o que tínhamos. Assim, o robô foi programado para detectar a diferença de luminosidade e a medida que ele chegava perto dos obstáculos, ele realizava o desvio. O resultado, você pode ver nesta GIF.
✔Veja como foi fácil. Clique no link a seguir e veja o esquemático e um vídeo mostrando o passo a passo neste link: http://is.gd/ObH56g
✔Quer saber mais sobre Arduino? Aguarde minhas próximas postagens.
* Esta é a terceira de uma série de postagens que farei nesta semana, devido a proximidade do Arduino Day 2016, que será no próximo dia 02/04.
** Por Ronilson Santos do www.blogdoronilson.com com o apoio da loja @baudaeletronica ~ www.baudaeletronica.com

28 de março de 2016

Arduino é uma plataforma “open source”. Este termo, inicialmente era aplicado à código-fonte de software, que tivessem permissão de ser adaptado, modificado, porém atualmente também aplica-se à alguns hardware que permitem modificações e este é o caso do Arduino.
Com isto, é possível que o próprio usuário monte suas placas, utilizando o mesmo microcontrolador utilizado no Arduino (o ATmega 328) e se beneficiando dos seus esquemas que são disponibilizados gratuitamente em seu site oficial. Estas placas são chamadas de Arduino Standalone.
Eu, por exemplo, tanto uso as placas originais Arduino, quando crio minhas próprias placas de acordo com as necessidades dos meus projetos. A seguir destaco quatro placas montadas por mim(e identificadas por um número na foto), bem como disponibilizo o link caso você queira mais detalhes:
1) Belterrino: Uma plaquinha de Arduino, com ponte H, de baixo custo e montada em papelão. Minha primeira placa, criada por puro capricho para provar que era possível utilizar o papelão e deixá-la o mais barato possível ~ http://goo.gl/5dmxsU
2) Belterrino v.2 - um Arduino com ponte H embutida. Esta foi uma melhoria da anterior ~ http://goo.gl/VQnpCz
3) Belterrino v.3 - agora, além da ponte H a placa vem com dois botões programáveis, dois leds à mais e um conector para módulo bluetooth. Esta é um upgrade das duas anteriores ~ http://goo.gl/YV5oGE
4) Belterrino nano - um placa compacta para projetos de robótica, automação e outros. A ideia ao fazer esta era deixá-la o menor possível ~http://goo.gl/Rcj0Aj
QUER VER COMO É FÁCIL MONTAR SEU PRIMEIRO ARDUINO STANDALONE? Acesse o link a seguir e veja o passo a passo:http://goo.gl/arsRwy
QUER SABER MAIS SOBRE ARDUINO? AGUARDE MINHAS PRÓXIMAS POSTAGENS...
* Esta é a segunda de uma série de postagens que farei nesta semana, devido a proximidade do Arduino Day 2016, que será no próximo dia 02/04.
** Por Ronilson Santos do www.blogdoronilson.com com o apoio da loja @baudaeletronica ~ www.baudaeletronica.com


 
O QUE É ARDUINO? VOCÊ SABE?
É uma plataforma de código aberto,  cuja a placa (de baixo custo e facilmente  encontrada no mercado)  pode ser programada por qualquer pessoa que tenha o conhecimento básico de programação. Ela se apresenta de vários modelos e tamanhos, conforme esta foto-montagem. Mas, para quem quer iniciar, a placa Arduino UNO costuma ser a mais indicada (especialmente por seu preço mais acessível).

COMO ASSIM PROGRAMADA POR QUALQUER PESSOA? Vou explicar passo a passo:
1) A pessoa cria o código no computador e fazendo uso do próprio software oferecido no site oficial do Arduino é possível transferir este código para a placa via USB.
2) Se o seu código estiver certo, o microcontrolador passará a executar as instruções que você programou e pronto. 

É DIFÍCIL FAZER O CÓDIGO?
Não. Aliás, você encontrará milhares de códigos prontos na web, bem como diversos tutoriais. Isto facilitará o seu aprendizado. Portanto, você não precisa ser da área da computação nem ser um expert em informática... só precisa de vontade e curiosidade. 

O QUE É POSSÍVEL FAZER COM ARDUINO?
Posso assegurar que você pode fazer infinitas coisas. Arduino pode ser utilizado no auxílio ao processo de ensino-aprendizagem de programação, eletrônica, matemática e outros... Pode ser usado para a criação de robôs, automação de residência e muito mais? 

É DIFÍCIL FAZER ISTO? 
Você verá que não. A partir do momento que você compra uma placa, começa a brincar com ela, você verá que do mesmo modo que você consegue programá-la para acender um led, você também consegue programar para que ela seja usado para acionar a lâmpada da sua casa, por exemplo, simplesmente com a sua presença ou mesmo com um toque no seu celular. 

QUER SABER MAIS? AGUARDE MINHAS PRÓXIMAS POSTAGENS... 

* Esta é a primeira de uma série de postagens que farei nesta semana, devido a proximidade do Arduino Day 2016, que será no próximo dia 02/04. 
 ** Por Ronilson Santos do www.blogdoronilson.com  com o apoio da loja @baudaeletronica ~ www.baudaeletronica.com

6 de janeiro de 2016




O último trabalho de 2015 foi a montagem deste carrinho robótico que pode ser controlado via Bluetooth.

COMPONENTES UTILIZADOS:
  • Placa controladora Belterrino v.2  - Em vez de utilizar uma placa Arduino, foi utilizada uma placa standalone montada por Ronilson Santos e mostrada aqui no blog. Esta placa foi escolhida pois já tem conexão para o módulo bluetooth. Ela também é dotada de uma ponte H (CI L293), porém como utilizamos quatro motores, precisávamos de mais corrente (Clique aqui e veja mais sobre a placa Belterrino v.2);
  • Driver Ponte H L298N - esta foi utilizada por fornecer 2 Ampere por canal. Sendo assim foi possível ligar os dois motores de cada lado em um canal e o funcionamento ficou perfeito;
  • Módulo Bluetooth;
  • Chassi de acrílico 4WD  - Este foi devidamente adesivado para ficar personalizado de acordo como desejávamos. 
  • Display LCD 20×4 - Este foi conectado à um Módulo Serial I2C para Display LCD, com isto é possível conectar o LCD à placa utilizando apenas duas portas + o gnd e o 5v.
Robô tunado - com destaque para os a luz verde localizada na parte inferior do mesmo.

Robô tunado - controlado via Bluetooth, utilizando a placa standalone Belterrino v.2

Driver Ponte H L298N e LEDs afixados em uma placa de fenolite. Esta placa foi colocada na parte inferior do chassi.

Confira a seguir um vídeo mostrando o funcionamento do robô:

P.S.:
(1) Os componentes para montar uma placa como esta podem ser adquiridos à um preço bem acessível na Loja Baú da Eletrônica.

(2) Quer receber este robô em sua casa? 100% programado, já em funcionamento? Clique aqui e ele pode ser seu.

Clique aqui e veja VÁRIOS OUTROS PROJETOS

17 de dezembro de 2015








Qual o motivo do bloqueio do WhatsApp? Como bular este bloqueio? É ilegal burlar este bloqueio?


"Apesar da nota aparentemente equivocada do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (http://www.tjsp.jus.br/…/CanaisComun…/Noticias/Noticia.aspx…), não há relação aparente entre o Marco Civil e o bloqueio do WhatsApp por 48 horas. Quem já leu o texto do Marco Civil pelo menos uma vez deve ter percebido rapidamente a incongruência. Inclusive uma operadora ingressou com pedido de suspensão do bloqueio, com base exatamente no Marco Civil.

A decisão da juíza é fundamentada pela lei 12850/13 que penaliza a não-colaboração com a Justiça. É a mesma lei que autoriza a Justiça a realizar Delação Premiada, então acho melhor pensar duas vezes antes de reclamar dela.

Continua com raiva e precisa reclamar de alguém? Prefira reclamar da decisão desproporcional da Justiça punindo os usuários e do Facebook/WhatsApp que não colaborou com as investigações quando solicitado.

Contornar o bloqueio com um aplicativo de VPN é desobedecer a Justiça e agir de maneira corrupta? Entendo que não, pois a decisão judicial não se aplica aos usuários, mas apenas às operadoras. Use TunnelBear e seja feliz, mas lembre-se que o serviço de VPN observa seus metadados e todo o seu tráfego não-cifrado exatamente como sua operadora de Internet, portanto cuide-se." Texto do professor Diego F. Aranha publicado no Linha Defensiva.

Além do VPN TunnelBear citado acima, tem vários outros apps de VPN na internet e um deles é o BetterNet. Vale lembrar também que o WhatsApp está funcionando perfeitamente no Wi-fi.

O site olhar digital fez até um tutorial de como instalar e usar do BetterNet. Veja a seguir:

Vale observar, no entanto, que não são todas as VPNs que são seguras, e elas abrem espaço para interceptação das suas informações enquanto elas trafegam online. É bom ter ciência disso antes de se conectar a qualquer serviço do tipo, para evitar fazer transações bancárias ou inserir números de cartão de crédito, ou transferir fotos ou qualquer outra informação comprometedora.

Além disso, não adianta você fazer este processo e os seus contatos não. Se a pessoa ainda estiver no Brasil e não estiver em uma VPN, ela não receberá suas mensagens.

Assim, se você ainda quiser driblar o bloqueio, existem inúmeros aplicativos para isso, mas a nossa sugestão é o aplicativo BetterNet, disponível tanto para Android quanto iOS. Ele é gratuito e vai mascarar o seu acesso para outro país, permitindo que você envie e receba mensagens.
Como usar o BetterNet no Android:
1º) Baixe o aplicativo neste link
2º) Depois de instalado, execute o app e pule as telas de introdução
3º) Pressione o botão Connect

Reprodução
4º) O Android deve exibir uma janela de segurança para confirmação. Pressione OK para Confirmar

Reprodução
5º) Quando você estiver conectado, um ícone de chave deve aparecer perto do relógio do Android

Reprodução
6º) Aí é só usar o WhatsApp. Quando você quiser desconectar, basta abrir novamente o app e pressionar Disconnect.
E no iOS (nós testamos o app em um iPad, mas funciona em iPhones também):
1º) Baixe o aplicativo neste link
2º) Depois de instalado, execute o app e pule as telas de introdução
3º) Clique em Install Profile. Uma janela de confirmação deve aparecer. Aperte Allow para confirmar

Reprodução
4º) Digite sua senha de desbloqueio para permitiria
5º) Aperte Connect para se conectar e aguarde a confirmação de conexão. Quando estiver conectado, um ícone com as letras “VPN” aparecerão no topo do iOS.

Reprodução
6º) Você já pode usar o WhatsApp. Para desconectar, retorne ao app e aperte Disconnect

O tutorial do Olhar Digital foi publicado neste link.




Zuckerberg ficou chocado com o bloqueio do WhatsApp no Brasil

Ele se pronunciou após um juiz determinar o bloqueio do WhatsApp por 48 horas em todo Brasil, começando as 00:00 horas do dia 17/12/2015


Mark Zuckerberg se pronunciou a respeito da decisão de uma juíza de São Bernardo do Campo (SP) que resultou no bloqueio do WhatsApp no Brasil inteiro. Ele, que também é dono do aplicativo de mensagens, afirmou estar “trabalhando duro para reverter essa situação”.
“Este é um dia triste para o país. Até hoje o Brasil tem sido um importante aliado na criação de uma internet aberta. Os brasileiros estão sempre entre os mais apaixonados em compartilhar suas vozes online”, afirmou o executivo.

“Estou chocado que nossos esforços em proteger dados pessoais poderiam resultar na punição de todos os usuários brasileiros do WhatsApp pela decisão extrema de um único juiz.”

Zuckerberg ressaltou que a medida afeta diretamente mais de 100 milhões de pessoas que usam o WhatsApp no Brasil, e lembrou que o Messenger continua ativo. “Esperamos que a justiça brasileira reverta rapidamente essa decisão. Se você é brasileiro, por favor faça sua voz ser ouvida e ajude seu governo a refletir a vontade do povo.” (Fonte: Olhar Digital)

Leia também: Operadoras são intimadas a bloquear WhatsApp no Brasil por 48 horas

16 de dezembro de 2015






Operadoras são intimadas a bloquear WhatsApp no Brasil por 48 horas

Sindicato de Vivo, Claro, Tim e Oi confirma determinação judicial. Bloqueio é válido a partir da 0h de quinta-feira (17) em território nacional.


As principais operadoras de telefonia móvel do Brasil foram intimadas pela Justiça nesta quarta-feira (16) a bloquear o aplicativo de mensagens WhatsApp por 48 horas. O bloqueio vale a partir da 0h de quinta-feira (17) em todo o território nacional.

O recebimento da determinação judicial foi confirmado pelo Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviços Móvel Celular e Pessoal, o SindiTelebrasil, que representa as operadoras Vivo, Claro, Tim, Oi, Sercomtel e Algar.

Segundo o presidente do SindiTeleBrasil, Eduardo Levy, a decisão tem cunho sigiloso e por isso não é possível identificar o autor da ação ou sua vara judicial.

O Tribunal de Justiça de São Paulo confirmou ao SPTV que o processo corre em segredo de justiça em uma ação criminal.

Levy diz que as operadoras são obrigadas a atender a determinação e que não é do interesse delas bloquear o WhatsApp no país. "Temos interesse em regras que sejam mais leves para o setor", disse Levy ao G1.

Histórico
Essa não é a primeira tentativa de bloquear o WhatsApp no país. Em fevereiro, um juiz de Teresina (PI) determinou que as operadoras suspendessem temporariamente o acesso ao app de mensagens.

O motivo seria uma recusa do WhatsApp em fornecer informações para uma investigação policial que vinha desde 2013. (Fonte: G1). 

SOLUÇÃO:
A solução, pelo menos por enquanto, para quem não quiser ficar off-line, é instalar o concorrente Telegram (que está disponível para: desktop, iOS e Android) . Para conhecê-lo, acesse https://telegram.org
Telegram

30 de novembro de 2015

Por falta de recursos, as eleições municipais de 2016 serão manuais e não com voto eletrônico. A informação de que o contingenciamento de gastos impedirá a realização das eleições por meio eletrônico foi publicada hoje (30) no Diário Oficial da União. Desde 2000, todos os brasileiros votam em urnas eletrônicas.

Por meio de nota, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou que mais de R$ 428 milhões deixarão de ser repassados para a Justiça Eleitoral, "o que prejudica a compra e manutenção de equipamentos necessários para as eleições de 2016".

“O impacto maior reflete no processo de aquisição de urnas eletrônicas, com licitação já em curso e imprescindível contratação até o fim do mês de dezembro, com o comprometimento de uma despesa estimada em R$ 200.000.000,00”, acrescentou a nota.

Segundo o TSE, a demora ou a não conclusão do procedimento licitatório causará “dano irreversível e irreparável” à Justiça Eleitoral, já que as urnas que estão sendo licitadas têm prazo certo para que estejam em produção nos cartórios eleitorais.

“O contingenciamento imposto à Justiça Eleitoral inviabilizará as eleições de 2016 por meio eletrônico”, diz o texto da Portaria Conjunta número 3, assinada pelos presidentes do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandosvki; do Tribunal Superior Eleitoral, Dias Toffoli; do Tribunal Superior do Trabalho, Antonio José de Barros Levenhagen; do Superior Tribunal Militar, William de Oliveira Barros; do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios, Getúlio de Moraes Olveira; e pela presidenta em exercício do Superior Tribunal de Justiça, Laurita Vaz.

De acordo com a portaria, os órgãos do Poder Judiciário da União sofreram contingenciamento de R$ 1,74 bilhão. 
 
Fontes:  EBC

29 de novembro de 2015

O achado reforça o chamado para uma mobilização nacional para conter o mosquito transmissor, o Aedes aegypti, responsável pela disseminação doença.

O Ministério da Saúde confirma neste sábado (28) a relação entre o vírus Zika e o surto de microcefalia na região Nordeste. O Instituto Evandro Chagas, órgão do ministério em Belém (PA), encaminhou o resultado de exames realizados em um bebê, nascida no Ceará, com microcefalia e outras malformações congênitas. Em amostras de sangue e tecidos, foi identificada a presença do vírus Zika.

A partir desse achado do bebê que veio à óbito, o Ministério da Saúde considera confirmada a relação entre o vírus e a ocorrência de microcefalia. Essa é uma situação inédita na pesquisa científica mundial. As investigações sobre o tema devem continuar para esclarecer questões como a transmissão desse agente, a sua atuação no organismo humano, a infecção do feto e período de maior vulnerabilidade para a gestante. Em análise inicial, o risco está associado aos primeiros três meses de gravidez.

O achado reforça o chamado do Ministério da Saúde para uma mobilização nacional para conter o mosquito transmissor, o Aedes aegypti, responsável pela disseminação da dengue, zika e chikungunya. O êxito dessa medida exige uma ação nacional, que envolve a União, os estados, os municípios e a toda a sociedade brasileira. O momento agora é de unir esforços para intensificar ainda mais as ações e mobilização.

A campanha lançada nesta semana alerta que o mosquito da dengue mata e, portanto, não pode nascer. A ideia é que todos os dias sejam utilizados para uma limpeza e verificação de focos que possam ser criadouros do mosquito. O resultado do Levantamento Rápido de Índices para Aedes aegypti (LIRAa) indica 199 municípios brasileiros em situação de risco de surto de dengue, chikungunya e zika, sendo necessária uma mobilização, de todos, imediata.

ÓBITOS

O Ministério da Saúde também foi notificado, na sexta-feira (27), pelo Instituto Evandro Chagas sobre outros dois óbitos relacionados ao vírus Zika. As análises indicam que esse agente pode ter contribuído para agravamento dos casos e óbitos. Esta é a primeira ligação de morte relacionada ao vírus Zika no mundo, o que demostra uma semelhança com a dengue.

O primeiro caso foi confirmado pelo Instituto Evandro Chagas, de Belém (BA), trata-se de um homem com histórico de lúpus e de uso crônico de medicamentos corticoides, morador de São Luís, do Maranhão. Com suspeita de dengue, foi realizada coleta de amostra de sangue e fragmentos de vísceras (cérebro, fígado, baço, rim, pulmão e coração) e enviadas ao IEC. O exame laboratorial apresentou resultado negativo para dengue. Com a técnica RT-PCR, foi detectado o genoma do vírus Zika no sangue e vísceras.

Confirmado na sexta-feira (27), o segundo caso é de uma menina de 16 anos, do município de Benevides, no Pará, que veio a óbito no final de outubro. Com suspeita inicial de dengue, notificada em 6 de outubro, ela apresentou dor de cabeça, náuseas e petéquias (pontos vermelhos na pele e mucosas). A coleta de sangue foi realizada sete dias após o início dos sintomas, em 29 de setembro. O teste foi positivo para Zika, confirmado e repetido.

Todos os achados estão sendo divulgados conforme são conhecidos. O objetivo é dar transparência sobre a situação atual, assim como emitir orientações para população e para a rede pública. Esse é um achado importante e merece atenção. O Ministério da Saúde está se aprofundando na análise dos casos, além de acompanhar outras análises que vem sendo conduzidas pelos seus órgãos de pesquisa e análise laboratorial. O protocolo inicial para o atendimento de possível agravamento da Zika será o mesmo utilizado para situações mais graves de dengue.

Investigações em curso

O Ministério da Saúde mantém as investigações sobre a ocorrência de microcefalia em bebês, assim como a avaliação de casos graves em adultos, a manifestação clínica e a disseminação da doença. Nesta semana, a convite de governo federal, representantes do CDC (Centro de Prevenção e Controle de Doenças, em inglês), dos Estados Unidos, integrarão os esforços das autoridades e parceiros nacionais nestas análises. O CDC é referência para a Organização Mundial de Saúde (OMS) em doenças transmissíveis.

A OMS e a sua representação nas Américas, a OPAS, têm sido atualizadas sobre o andamento das ações, dos resultados e das conclusões do Ministério da Saúde.

Atividades

O Ministério da Saúde intensificou o acompanhamento da situação, de forma prioritária, e divulgará orientações para rede pública e para a população, conforme os resultados das investigações. Além disso, mantém contato com as secretarias estaduais e municipais para articular uma resposta conjunta e, em especial, a mobilizar ações contra o mosquito Aedes aegypti.

O Ministério da Saúde informa, ainda, que a Presidência da República determinou a convocação do GEI (Grupo Executivo Interministerial), que envolve 17 ministérios, para a formulação de plano nacional do combate ao vetor transmissor, o mosquito Aedes Aegypti. Também estão sendo estimuladas pesquisas para o diagnóstico da doença e frentes de mobilização em regiões mais críticas. Não faltarão recursos financeiros para suporte às ações.

As medidas envolvem, finalmente, ações de comunicação e suporte assistencial, como pré-natal, atenção psicossocial, fisioterapia, exames de suporte e estímulo precoce dos bebês.

Da Agência Saúde

28 de novembro de 2015


Enquanto as preocupações da população da grande área do Maicá se voltam para as discussões do EIA/Rima (Estudo e Relatório de Impacto Ambiental) do projeto de implantação de um terminal de uso privado para exportação de grãos, a Embraps (Empresa Brasileira de Portos de Santarém) tenta junto à Semas – Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade, a obtenção de licença para implantar um loteamento residencial no Maicá... Clique aqui e leia a notícia na íntegra no ESTADONET

Fonte: O ESTADONET

27 de novembro de 2015

Prefeitura do Mojuí. Fonte: Fadespa
A prefeitura de Mojuí dos Campos (PA) abriu concurso público nesta sexta-feira (27). As inscrições serão realizadas até o dia 28 de dezembro de 2015 e o pagamento da taxa até o dia 29. A prova está prevista para o dia 17 de janeiro de 2016. Todos os detalhes estão no edital.

São ofertadas 191 vagas em cargos efetivos em diversos níveis escolares, conforme tabela de cargos. São 50 para o nível Fundamental Completo para os cargos de auxiliar operacional de equipamentos leves, de equipamentos pesados, de conservação, de máquinas, de segurança patrimonial, servente e serviços gerais.

Há, ainda, 53 vagas para ensino Médio, como os cargos de auxiliar administrativo; médio especializado, entre eles técnico de enfermagem, saúde bucal e laboratório. E também para agente de fiscalização, agente fazendário, agente de meio ambiente, agente agropecuário, agente de obras, agente de vigilância sanitária, guarda municipal e para professores do magistério.

Para nível superior são 88 vagas em cargos como os de professor, contador, advogado, assistente social, engenheiro florestal, engenheiro civil, médico, psicólogo, enfermeiro, farmacêutico, odontólogo, nutricionista e auditor fiscal.

A taxa de inscrição é de R$45,00 para os cargos de nível Fundamental Completo; R$ 50,00 para os de nível médio e R$ 70,00 para os de nível superior. O boleto bancário poderá ser pago até o dia 29 de dezembro em qualquer agência bancária ou casa lotérica.

O concurso reserva 5% das vagas para candidatos com deficiência, conforme estabelece o artigo 4.º do Decreto Federal n.º 3.298/99, alterado pelo Decreto Federal n.º 5.296/2004. Se for comprovada a deficiência, os candidatos serão isentos do pagamento da taxa de inscrição.

Estes candidatos devem imprimir o formulário PcD que está na página de acompanhamento do concurso no site da FADESP, preencher os dados, assinar e enviar o documento, no período de inscrição, à fundação, informando se precisará de tratamento diferenciado, ou mesmo de tempo adicional durante a aplicação das provas objetivas.

O candidato PcD deve, ainda, anexar a este formulário o laudo médico, original ou cópia autenticada, no qual atesta a espécie e o grau de deficiência, inclusive com o código correspondente da Classificação Internacional de Doença – CID.

Os documentos e o formulário do candidato PcD devem ser enviados pelos Correios, através de carta registrada, à Comissão Executora do Concurso de Mojuí dos Campos. – FADESP 0(Documentos PcD - Concurso de Mojuí dos Campos), Rua Augusto Corrêa, s/n, Campus Universitário da UFPA, Guamá, Belém-Pará, CEP 66075-110.

A previsão é que as provas objetivas do concurso sejam aplicadas no dia 17 de janeiro de 2016 em dois horários. Pela manhã, das 8h às 12h, será para os candidatos dos níveis fundamental e superior. À tarde, das 14h30 às 18h30, para os que se inscreveram em cargos de nível médio.


Fonte: Fadespa